Notícias

Notícias

Notícias

Você é apaixonado por equinos? Conheça os tipos de pelagem!


Por Equipe H.J. Baker em 12/04/2019

Uma das características mais admiradas dos cavalos é a pelagem. É claro, essa bela aparência depende dos bons cuidados com o animal e uma boa nutrição. Um animal com a pelagem mal cuidada, pode certamente prejudicar uma boa venda e prejudicar a avaliação de um animal com boa genética. Cada raça tem uma pelagem característica, que proporciona ao animal um determinado perfil em relação ao tipo de pelagem. Basicamente, a pelagem é divida em dois grupos: pelagem simples e pelagem composta. Confira abaixo os principais tipos de pelo para cavalos.

Pelagem simples de cavalo

Branca: pode também ser considerado como albino, melado ou então rosado, e corresponde à pelagem simples. Ocorre quando há uma falta de pigmentação congênita, seja totalmente ou parcialmente. Tanto a pele como a íris são afetadas por essa despigmentação. São sensíveis ao sol e pode aparecer também quando o equino estiver mais velho.

Baia: trata-se de um tipo de pelagem simples, com características bem marcantes. Possui pelo com uma tonalidade de trigo maduro. Há variações desse tipo de pelagem.

Alazão: possui uma variação de tons castanho mais avermelhado. Já os escuros possuem um tom voltado para o roxo. Geralmente os cavalos tipo alazão tem crina, assim como cauda e pintas com cores diversas.

Preta: este tipo de equino possui uma cor escura. Há uma variação tanto na tonalidade quanto nas características. Por exemplo: alguns equinos possuem uma estrela pequena na cabeça.

Palomina: também conhecida como baia branca, esse tipo de pelagem é um dourado mais claro. Seus pelos não possuem marca e tanto a crista quanto a cauda são voltadas para o tom branco. Pode variar de acordo com a estação.

Gateado: possui variedades, que podem acontecer desde uma cor matiz claro até alguns tons variados.

Pelagem composta

Lobuno: possui pelos de duas cores: pretos na extremidade e amarelos na base. Pode ser clara ou escura, de acordo com a predominância dos pelos.

Zaino: possui uma pelagem marrom avermelhada, e, também, com alguns pelos pretos. Existe com o tom claro ou escuro.

Rosilho: determina os equinos com um pelo mais variados, especialmente com tons vermelhos ou branco. Esse conjunto de duas ou mais cores não causam manchas na pelagem.

Tordilho: este tipo de pelagem pode ser branca, ou preta que pode ficar mais clara. Podem existir diversas variedades deste tipo de pelagem.

Zaino Negro: geralmente os cavalos que são dessa pelagem possuem uma tonalidade variada, podendo ser do Zaino até o negro.

Oveiro: possui manchas assimétricas ao longo do corpo. Existem variações desse tipo de pelagem.

Esses são apenas alguns exemplos. Quando falamos em pelagem temos os mais variados tipos e nomes que podem variar regionalmente. Um exemplo muito conhecido de pelagem seria o Pampa em suas variações. Mas tudo isso que destacamos anteriormente dependem de vários fatores para ter uma pelagem linda. E o principal é investir na saúde do animal. Por meio de uma alimentação balanceada e desenvolvida de acordo com as necessidades do cavalo. Invista em ração aditivada com biótica e lisina, como é o caso das rações de linha Allequus produzida pela H.J. Baker, assim como volumosos e mesmo suplementos de qualidade. É importante escolher de forma assertiva.

E não esqueça dos cuidados diários. Deve-se banhar e rasquear os animais com constância, pois isso contribui para retirar os pelos soltos. Além disso, permite um melhor desenvolvimento dos pelos.Ter um cavalo com pelagem saudável não é uma tarefa fácil, e exige regularidade nas suas ações. Todo esse cuidado reflete não só na beleza dos pelos como também na saúde do equino e consequentemente no valor de seu campeão.

E para assegurar tudo isso, a H.J. Baker possui uma linha específica para cuidar dos seus equinos. Conheça a linha AllEquus!

Relacionadas

5 dicas de manejo nutricional de potros recém-nascidos

Plantas Invasoras: Seus perigos e como controlar infestações

Vacinas importantes para bovinocultura de corte